O consórcio de imóvel do Banco do Brasil é uma associação entre pessoas físicas ou jurídicas que se unem para adquirir um determinado bem. Nessa modalidade, as pessoas financiam umas as outras, por meio de mensalidades que correspondem ao valor do bem dividido entre todos os membros participantes.

Mensalmente, ocorre um sorteio que define qual participante será contemplado com a carta de crédito. Ao final do período total previsto para o pagamento das mensalidades, todos os membros do consórcio terão recebido o bem.

O trabalho de organização do consórcio, geralmente, fica sob responsabilidade de uma administradora e, por isso, algumas taxas de administração são cobradas. Também existe um fundo de reserva, que é utilizado para eventuais despesas adicionais.

Conheça mais sobre o consórcio de imóvel do Banco do Brasil

Consórcio ou financiamento: o que é melhor?

É claro que pagar à vista é a melhor forma de comprar um imóvel, pelo simples fato de que você não fica com nenhuma dívida e ainda tem mais poder de negociação.

É certo, também, que ter em mãos o dinheiro para arcar com todo o valor do imóvel não é tão simples assim. Para esses casos existem alternativas interessantes. Entre elas, estão o consórcio de imóveis e o financiamento imobiliário, cada um com as devidas particularidades.

Uma das grandes vantagens do consórcio é que você pode utilizar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em ofertas ou para complementar os lances em consórcios imobiliários. Se você for sorteado logo no início, adquirirá o bem pagando a cota mensal a juros mais baixos.

Já no financiamento imobiliário, você recebe imediatamente o imóvel, mas terá uma incidência de juros maior.

Além do que já foi comentando, ainda existem outras vantagens e desvantagens de cada uma dessas modalidades. Confira abaixo algumas das diferenças entre consórcio e financiamento e veja qual deles é o mais indicado para você.

Consórcio:

  • As cotas são sorteadas;
  • Acontecem alguns leilões (adiantar cotas ajuda a ser sorteado).

Com base nesses dois tópicos, seguem as vantagens e desvantagens do consórcio:

  • Incerteza: adiantar a cota de crédito pode auxiliar a pessoa a comprar determinado bem. Porém, se ela não for sorteada cedo, pode ficar meses dentro do consórcio.
  • Custo mais baixo: você paga menos pelo imóvel. Isso, porque dentro dos gastos estão incididas a cota em si e a taxa de administração.
  • Poder de compra: a carta de crédito apresenta o mesmo valor do dinheiro total para o pagamento do imóvel. Dessa forma, a chance de pechinchar algum desconto torna essa opção extremamente interessante.
  • O valor do imóvel pode ser “financiado” sem burocracia: qualquer pessoa está apta a permanecer no consórcio mediante pagamento das cotas em dia.

Financiamento:

O financiamento é uma linha de crédito imobiliário concedida pelos bancos para a aquisição de imóveis de qualquer natureza. Existem muitos programas de financiamento e, por ser uma linha de crédito bancária, essa modalidade também apresenta vantagens e desvantagens.

  • Compra imediata: o financiamento imobiliário pode ser conseguido por qualquer pessoa, desde que ela comprove a capacidade de pagamento e não tenha nenhum impedimento para contrair uma dívida.
  • Juros, seguros e taxas: por ser um empréstimo, o financiamento está sujeito a juros cobrados sobre o valor emprestado. Dessa forma, o custo final do financiamento é maior do que no consórcio.
  • Limites: o financiamento não abrange o valor total do imóvel. Ou seja, será necessário desembolsar uma quantia considerável para o pagamento do montante final.

Em qualquer uma das modalidades, você precisa refletir sobre sua condição financeira e a urgência em adquirir o imóvel.

É possível exemplificar da seguinte forma: se você pode esperar e tem como se comprometer com uma compra de longo prazo – ou mesmo se tem um capital suficiente para dar um lance vencedor –, o consórcio é a melhor alternativa.

Por outro lado, se você tem a necessidade de mudar rapidamente para um novo imóvel, não acredita na sorte em sorteios e não apresenta um capital para dar um lance vencedor, o financiamento é o mais indicado.

Simulação de consórcio de imóvel do Banco do Brasil

O consórcio do Banco do Brasil pode ajudar na aquisição de um novo imóvel

O Banco do Brasil apresenta uma modalidade de consórcio na qual é possível comprar um imóvel sem juros. Entre as características do consórcio de imóvel do Banco do Brasil, vale destacar:

  • Há uma ampla variação de cartas de crédito, que vão desde R$ 50.000 até R$ 915.000.
  • O consórcio de imóvel do Banco do Brasil também apresenta uma variação em relação ao número de parcelas, que podem ser feitas em 180 meses ou 200 meses.
  • As parcelas de 180 meses podem ser conseguidas em linhas de crédito de até R$ 300.000, enquanto que as parcelas de 200 meses podem ser no valor de R$ 50.000 até R$ 145.000 e de R$ 315.000 até R$ 915.000.

Por apresentar parcelas variáveis de 180 meses e 200 meses, o consórcio imobiliário do Banco do Brasil apresenta valores diferentes durante as parcelas. Por exemplo: uma linha de crédito de R$ 70.000 parcelados em 200 vezes terá um valor de R$ 476,36 mensais. Já para o consórcio parcelado em 180 meses, o valor da parcela será de R$ 524,00.

É preciso ver qual opção melhor se encaixa no seu orçamento. Para fazer uma simulação e conhecer mais sobre as vantagens de fazer um consórcio de imóvel no Banco do Brasil, basta acessar o seguinte link: http://www37.bb.com.br/portalbb/consorcio/simulacao.bbx.

Fazer um consórcio é uma boa opção para você? Compartilhe a sua opinião ou dúvidas nos comentários!